Notícias



A defensora-geral do Acre, Simone Azambuja Santiago, participou da cerimônia virtual de transmissão de cargo dos novos dirigentes do Tribunal de Justiça do Acre, ocorrida na tarde da sexta-feira, 5, compondo o dispositivo de honra. A sessão solene de posse da desembargadora Waldirene Cordeiro, como presidente do Tribunal de Justiça do Acre, realizada em formato híbrido, sem público presente, reuniu representantes do Executivo, Legislativo e Judiciário do estado e foi transmitida pelo canal do TJAC no YouTube. 
 

A solenidade foi iniciada pelo ato de um minuto de silêncio em memória às vítimas de Covid-19. O desembargador Francisco Djalma, presidente do órgão no biênio 2019-2021, afirmou em seu discurso que “procurou cumprir com as obrigações relativas à administração (do Tribunal de Justiça) com os princípios da legalidade, da moralidade, da eficiência e governança, com execução de planejamento devido à crise mundial”.

 

Ao ser conduzida ao cargo, a desembargadora Waldirene Cordeiro, nova presidente do Tribunal de Justiça, agradeceu ao desembargador
 

Francisco Djalma pela transição fraterna. “Sou extremamente grata a todos os desembargadores do meu tribunal. Darei o meu melhor, mas sozinha nada farei. Sinto-me grandemente honrada. Pretendo realizar uma gestão eficiente estratégica junto com meus colegas Élcio Barros e Roberto Mendes”. 
 

A defensora pública geral Simone Santiago ressaltou que a Defensoria Pública do Acre está à disposição da nova gestão do Tribunal de Justiça para contribuir, caso necessário, com soluções que levem mais justiça social aos recantos mais longínquos do nosso estado lembrando que, hoje mais do que nunca, devemos estar dispostos a mudar e aprender a enxergar novas alternativas para os obstáculos que surgem.



CONFIRA NOSSA GALERIA DE IMAGENS