Notícias



Antes de seguir para a agenda no interior do estado, o governador Gladson Cameli esteve na sede da Defensoria Pública do Acre na manhã desta quarta-feira, 23, onde foi recebido pela defensora-geral, Simone Santiago, e apresentado aos novos defensores e defensoras, empossados em 15 de março e que passam por um curso de formação específico antes de seguirem para os municípios onde atuarão.
 

O governador enfatizou a importância da nomeação e posse dos aprovados no concurso da Defensoria Pública como uma afirmação de valorização do servidor e da defesa do Estado de Direito com presença nos lugares mais distantes.
 

“Os municípios vão ser atendidos com a presença de um defensor. Vai ser diminuído o tempo de espera quando todo mundo se une em um propósito. O governador não faz nada só se não tiver uma equipe, um diálogo, um respeito pelas instituições. Vou lutar para ver uma Defensoria Pública fortalecida, com todo o poder de respaldo para que o nome ‘Defensoria Pública’ cumpra o que está na nossa constituição. Um governador não é aquele que vai ficar guiando, mas ele precisa criar as condições para termos uma defensoria cada vez mais presente perante a nossa sociedade”, pontuou Cameli.
 
 

Durante o encontro, governador Gladson Cameli reafirmou compromisso de apoiar Defensoria Pública para fortalecer  Estado de Direito  Foto: Marcos Vicentti/Secom

Durante o encontro, Gladson Cameli fez questão de conhecer cada um dos novos defensores e defensoras e se informar a respeito do local onde ficarão lotados.
 

A defensora-geral, Simone Santiago, agradeceu pelo empenho e por todo o encaminhamento que o governador deu à sua equipe para que as nomeações fossem efetivadas. “Os defensores públicos se dirigem no início de abril para o interior do estado e já no dia 11 já estarão realizando seus atendimentos. Agora estão passando pelo curso de formação para conhecer melhor toda a estrutura da Defensoria Pública”, explica.
 

Participaram do encontro, a subdefensora-geral, Roberta Caminha: a corregedora-geral Fenísia Mota: a coordenadora do Centro de Estudos Jurídicos, Juliana Marques; a coordenadora do Atendimento Cível, Thaís Araújo; a defensora pública Iacuty Aiache e os defensores públicos Fernando Morais, Gerson Boaventura, Luiz Gustavo Medeiros.



CONFIRA NOSSA GALERIA DE IMAGENS


Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o www.defensoria.ac.def.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nossa Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.