Notícias

Soleane Manchineri é a primeira mulher indígena a ocupar o cargo de ouvidora-geral de DPE no país



A historiadora e mestre em Linguagem e Identidade Soleane de Souza Brasil Manchineri é a nova ouvidora-geral da Defensoria Pública do Acre para o biênio 2022/2024 e a primeira indígena a ocupar o cargo em todo o país. A eleição para a escolha da ouvidora-geral ocorreu durante a 2ª Reunião Ordinária do Conselho Superior da Defensoria Pública do Acre na tarde desta quinta-feira, 10, de forma presencial e híbrida, com transmissão pelo canal da DPE/AC no YouTube.
 

Na ocasião, a defensora-geral, Simone Santiago, leu e assinou o decreto de posse. Soleane Manchineri irá assumir o cargo na próxima segunda-feira, 14 de março.

 

Após resultado da votação, defensora-geral Simone Santiago lê decreto de posse da nova ouvidora da DPE, Soleane Manchineri Foto: Golby Pullig/Ascom DPE


Eleita por três votos a dois, a candidata foi indicada pela Federação do Povo Huni Kuin do Estado do Acre (Fephac) concorrendo com a pedagoga e mestre em Conhecimento e Inclusão Social, Cláudia Marques de Oliveira, indicada pela Associação de Mulheres Negras do acre e seus apoiadores e pelo Instituto Mulheres da Amazônia (IMA).
 

A eleição para ouvidor ou ouvidora-geral da Defensoria Pública ocorre a cada dois anos. Nos últimos quatro anos, o cargo foi ocupado anos pela advogada e ativista de direitos humanos Solene Oliveira da Costa.
 

Membros do Conselho Superior elegeram Soleane Manchineri, que concorreu com a mestre e pedagoga Cláudia Marques Oliveira. As candidatas foram indicadas por organizações sociais Foto: Golby Pullig/Ascom DPE

Tem poder de voto os membros natos do Conselho Superior da DPE a defensora-geral e presidente do Conselho, Simone Santiago; a subdefensora-geral, Roberta Caminha e a corregedora-geral, Fenísia Mota. Também votaram para a escolha da ouvidora-geral, os membros eleitos para o biênio 2021/2023, defensor André Espíndola (titular do nível IV) e a defensora Juliana Caobianco (titular nível V).
 

A presidente da Associação das Defensoras e Defensores do Acre (Adpacre), Aryne Cunha, também participou Reunião do Conselho de forma presencial.


O defensor Diego Victor Oliveira (titular do nível II) e a defensora Cláudia Aguirre (titular do nível III) acompanharam a Reunião Ordinária do Conselho de forma virtual.



CONFIRA NOSSA GALERIA DE IMAGENS


Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o www.defensoria.ac.def.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nossa Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.