Notícias



Defensora-geral do Estado, Simone Santiago prestigiou as atividades do projeto Arte do Ser.

Na noite de ontem, quarta-feira, 9, a defensora-geral do Estado, Simone Santiago prestigiou as atividades do projeto Arte do Ser, que atende crianças e adolescentes abrigados nas casas Dr.ª Maria Tapajós e Sol Nascente. 

 

Nesta edição, a Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC) se uniu ao Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC) e ao restaurante Pão de Queijo para realização das ações desenvolvidas pelo projeto.

 

Na sua fala a defensora-geral, Simone Santiago destacou a importância dessa iniciativa para mudar a vida dos jovens em situação de vulnerabilidade social. 

 

“Essa parceria é de extrema importância para fortalecer e incentivar outras instituições e empresas a apoiarem essas iniciativas transformadoras. Por meio desse projeto, esses jovens terão acesso a capacitação e formação, proporcionando-lhes oportunidades de inserção na sociedade, no mercado de trabalho e transformação social”, disse a defensora-geral.

 

Durante a programação, entre dias 7 e 17 de março, o projeto que está sendo será realizado no restaurante Pão de Queijo, oferece o curso de garçom com aulas teóricas e práticas, além de certificação para os jovens das duas instituições de acolhimento. Após o curso, os alunos também participarão de um período de estágio.

 

A coordenadora da Infância e Juventude do TJAC, desembargadora Regina Ferrari agradeceu a parceria da DPE e do restaurante para realização e concretização do programa que desenvolve também oficinas e ações educacionais.

Fazendo parte do curso, foi promovida uma palestra sobre postura e imagem profissional, ministrada pela assessora de cerimonial do TJAC, Lina Grasiela.

 

Denise Borges, proprietária do restaurante que atua no mercado há 37 anos, conta que esta iniciativa já trouxe muitos resultados positivos. 

 

“Estamos há muito anos realizando esse trabalho de capacitação profissional junto ao Tribunal e agora com a importante apoio da Defensoria Pública. Este curso é muito importante para reinserir estes jovens na sociedade, além disso, tem um grande significado na minha vida, pois é motivo de muita felicidade poder ensinar e orientar estes adolescentes”, contou com emoção a empresária. 

 

A iniciativa é voltada a crianças e adolescentes abrigados nas casas Dr.ª Maria Tapajós e Sol Nascente. 

Criado no ano de 2021, o projeto Arte do Ser, desenvolvido pelo Tribunal acreano, visa promover um ambiente de acolhimento por meio de palestras de conscientização e aprendizado, além de oferecer meios de lazer, educação, acesso à cultura e cuidados com a saúde mental de crianças e adolescentes abrigados nas casas de acolhimento.

 

 



CONFIRA NOSSA GALERIA DE IMAGENS


Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o www.defensoria.ac.def.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nossa Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.