Notícias



Na manhã desta sexta-feira, 18, a Defensoria Pública do Acre (DPE/AC), representada pela defensora pública e coordenadora do Subnúcleo de Direitos Humanos 2 (SDH2), Flávia Nascimento, participou de debate sobre a efetivação dos direitos e políticas públicas voltadas para população em situação de rua. 

 

O encontro de iniciativa da Secretária de Estado de Justiça e Segurança Pública do Estado do Acre (Sejusp) reuniu integrantes do sistema de justiça, instituições e rede de assistência para fomentar a temática de proteção social de pessoas em vulnerabilidade. 

Debate das instituições sobre políticas públicas para população em situação de rua. Foto: Ascom DPE

Na oportunidade, foram discutidas medidas e ações para serem desenvolvidas pelos órgãos, dentro dos eixos do Plano Estadual para a População em Situação de Rua. O debate visou o aprimoramento e efetividade dos serviços que atendem essa população. 

 

A defensora pública e coordenadora do SDH2, Flávia Nascimento, destacou a atuação da DPE/AC, por meio dos Subnúcleos de Direitos Humanos 1 e 2, e a importância da união dos órgãos para garantir a efetivação e promoção dos direitos humanos, e o fortalecimento da rede de atendimento e acolhimento das pessoas em vulnerabilidade, especialmente, a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS). 

Defensora pública e coordenadora do SDH2, Flávia Nascimento. Foto: Ascom DPE

Participaram do debate, o secretário de Justiça e Segurança Pública, Paulo Cézar Santos, a juíza-auxiliar da Presidência do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), Andrea Brito, o procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Acre (MPAC), Danilo Lovisaro, a assistente de gabinete do SDH1, Larissa Damasceno, além de representantes da Prefeitura de Rio Branco, Secretária Estadual e Municipal de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas Públicas para as mulheres, Secretária Estadual e Municipal de Saúde, entre outros.

 

Na próxima quinzena de março está previsto um novo encontro, juntamente com o Comitê Intersetorial de Acompanhamento e Monitoramento da Política Estadual para a População em Situação de Rua. 

 



Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o www.defensoria.ac.def.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nossa Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.