Notícias



Encerrando as atividades internas alusivas à campanha Setembro Amarelo-todo dia, com o tema “Prevenção ao suicídio: seja um elo de apoio cuidado e atenção”, a Defensoria Pública do Acre (DPE/AC) realizou, na manhã desta quarta-feira, 29, uma palestra de conscientização e valorização da vida, ministrada pelo pastor André Ricardo.

 

Palestra de conscientização e valorização da vida, ministrada pelo pastor André Ricardo. Foto:Kristel Noriega/ASCOM 

“A palestra busca trazer informações técnicas e cientificas, sobre as causas da depressão e problemas emocionais, além de trazer também uma palavra de esperança, fé, ânimo e incentivo, para que se alguém estiver passando por um momento de desesperança, possa ser motivado a continuar lutando”, explicou o pastor, André Ricardo.

 

Durante o mês de setembro, foram realizadas atividades internas visando a reflexão e debate sobre a importância dos cuidados com a saúde mental, além de ações que promoveram a qualidade de vida no ambiente do trabalho.

 

Membros, servidores e colaboradores participaram da programação que contou com momentos de bem-estar e relaxamento com a equipe da FisioEda, sessões de cinema DPE, práticas de Yoga e palestras sobre a temática.

 

A subdefensora-geral, Roberta Caminha, destacou a importância de ações voltadas à promoção do bem-estar dentro do ambiente institucional.

“Neste mês de prevenção e combate ao suicídio, a Defensoria Pública que é uma instituição que tem como objetivo primordial a questão dos direitos humanos, preparou ações especiais voltadas ao cuidado, bem-estar e conscientização sobre a importância da saúde mental dos nossos servidores, àqueles que passam o maior tempo do dia, desenvolvendo suas atividades na nossa instituição”, disse.

 

“Especialmente, neste período, devido à pandemia da Covid-19, muitas coisas aconteceram para que a gente percebesse que o mais importante é a saúde do ser humano, cuidar para que ele esteja bem, feliz e apto para desenvolver suas atividades”, ressaltou.

A subdefensora-geral, Roberta Caminha, destacou a importância de ações voltadas à promoção do bem-estar dentro do ambiente institucional. Foto: Kristel Noriega/ASCOM

 

A iniciativa da DPE/AC foi desenvolvida por meio do Setor de Humanização, do Centro de Atendimento Multidisciplinar (CAM), do Núcleo da Cidadania e do Subnúcleo de Direitos Humanos 1 e 2. Teve como parceiros também, a equipe da FisioEda, a psicóloga da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), Lucyana Melo e a instrutora de Yoga, Marcela Xavier.



CONFIRA NOSSA GALERIA DE IMAGENS