Notícias



Com o tema “O encarceramento à luz dos marcadores de raça e etnia”, o projeto Roda de Conversa traz nesta terça-feira, 24, mais um relevante debate sobre as práticas antirracistas no âmbito da Defensoria Pública e diálogos para a criação de estratégias institucionais de superação dos paradigmas discriminatórios, a fim de fomentar o combate ao racismo.

 

Com transmissão ao vivo pelo canal da Defensoria Pública do Acre no Youtube, às 18h,  o evento contará com a participação da doutora em sociologia e professora associada- CFCH-UFAC, Marisol Brandt, da professora indígena e mestre em Linguagem e identidade pela UFAC. Soleane Manchineri, além da coordenadora do Cejur, Juliana Marques, como mediadora da roda de conversa.

 

Promovido pela Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC), por meio do Centro de Estudos Juridicos (Cejur), o projeto conta com o apoio da Ouvidoria-geral da DPE/AC e da Associação de Defensoras e Defensores Públicos (Adpacre).