Notícias



Em alusão ao Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua, comemorado nesta quinta-feira, 19 de agosto, a defensora pública geral, Simone Santiago, participou da celebração promovida pelo Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop), em Rio Branco.

 

A data marca o acontecimento conhecido como “Massacre da Sé”, em 2004, onde sete pessoas foram assassinadas e oito ficaram gravemente feridas enquanto dormiam na região da Praça da Sé, em São Paulo. Após o acontecido, grupos da população se formaram para criar o Movimento Nacional da População de Rua, e ingressarem na luta contínua pela garantia de direitos.

Evento no Centro Pop em alusão ao Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua. Foto: Felícia Lanay/Ascom DPE

 

A coordenadora do Centro Pop, Keyla Carvalho destaca que o principal objetivo do Centro de Referência é reintegrar as pessoas que estão em situação de rua. “Nosso trabalho tem sido realizado durante 24 horas visando um atendimento qualificado que promova dignidade e possa reinserir essas pessoas em suas famílias e na sociedade”, afirmou. 

 

Abordagem e assistência social, café da manhã e almoço, atendimento técnico e encaminhamento para outras instituições, são alguns dos serviços realizados pelo Centro para atender pessoas em situação de vulnerabilidade. 

Defensora-geral, Simone Santiago prestigia evento no Centro Pop. Foto: Felícia Lanay/Ascom DPE

 

A parceria da DPE/AC e Centro Pop tem por finalidade viabilizar o acesso à justiça e garantir assistência jurídica as pessoas em situação de rua que participam de atividades desenvolvidas pelo Centro. 

 

“Hoje é um dia para refletir e ressaltar toda luta em prol dessa população. São pessoas que muitas das vezes se tornam invisíveis para sociedade, mas que precisam ter seus direitos garantidos. Essa é uma luta de todos nós, por isso, a Defensoria está à disposição para trabalharmos juntos na garantia do acesso à justiça e de políticas públicas que atendam essas pessoas”, disse a defensora-geral, Simone Santiago.  

 

Na ocasião, a defensora-geral também fez uma visita nas instalações do Centro que hoje atende aproximadamente 288 pessoas em situação de rua.  

 



CONFIRA NOSSA GALERIA DE IMAGENS


Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o www.defensoria.ac.def.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nossa Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.