Notícias



A Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE/AC), por meio do Centro de Estudos Jurídicos (Cejur), promoverá nos dias 17, 19, 24 e 26, rodas de conversa sobre os desafios das questões étnico-raciais no estado do Acre. O evento aberto ao público em geral, será transmitido pelo canal da DPE Acre no Youtube (Defensoria Pública do Acre), a partir das 18h.

 

A iniciativa tem por objetivo fomentar o aperfeiçoamento das práticas antirracistas no âmbito da Defensoria Pública, possibilitar momentos de diálogos para criação de estratégias institucionais de superação dos paradigmas discriminatórios e intensificar o combate do racismo na sociedade. 

 

O evento segue a campanha nacional “Racismo se combate em todo lugar – Defensoras e defensores Públicos pela equidade racial” desenvolvida pela Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (Anadep), e conta ainda com o apoio da Ouvidoria-Geral da DPE/AC e da Associação das Defensoras e Defensores Públicos do Estado do Acre (Adpacre).

 

As inscrições e certificação são gratuitas  e podem ser feitas acessando o link:

https://defensoria.ac.def.br/inscricao_rodasdeconversas.php

 

A programação do evento está dividida em quatro encontros virtuais de debate. 

Confira:

 

Dia 17

Tema: Os povos indígenas no estado do Acre - História e presente na autodeterminação

Facilitadoras: Francisca Arara e Andréia Baia 

Mediadora: Cláudia Aguirre

 

Dia 19

Tema: A migração do povo warao no Acre

Facilitadores: Patrícia Silva e Jesus Zapata

Mediadora: Solene Costa

 

Dia 24

Tema: O encarceramento à luz dos marcadores de raça e etnia

Facilitadoras: Marisol Brandt e Soleane Manchineri

Mediadora: Juliana Marques

 

Dia 26

Tema: A importância das ações afirmativas na superação de racismo estrutural

Facilitadores: Evandro Luzia e Sulamita Rosa 

Mediadora: Aryne Cunha



Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o www.defensoria.ac.def.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nossa Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.