Notícias



A defensora-geral, Simone Santiago, e a subdefensora-geral, Roberta Caminha, se reuniram na tarde desta quarta-feira, 28, com o superintendente de defensores públicos do Tocantins, Danilo Frasseto Michelini, e com a defensora pública Elydia Leda Barros Monteiro,  na sede da Defensoria Pública do Estado do Tocantins, em Palmas. 
 

Na pauta da reunião foram abordados temas como o uso do sistema Solução Avançada em Atendimento de Referência (Solar), ferramenta criada pelo Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) da DPE do Tocantins e cedida, gratuitamente, para Defensorias Públicas de vários estados, entre elas a DPE do Acre. O Solar é usado para formalizar o cadastro dos usuários da Defensoria Pública, que são atendidos por meio do chat e WhatsApp.   

Defensora-geral, Simone Santiago, e subdefensora-geral, Roberta Caminha, participam de reunião com superintendente de defensores públicos do Tocantins, Danilo  Michelini, e com a defensora pública Elydia Monteiro Foto: Ascom DPE/TO

 

A defensora pública geral do Acre, Simone Santiago, destaca que questões como distâncias e deslocamentos, transporte e custo de vida, são algumas das dificuldades enfrentadas pela população para o acesso à Defensoria. É o caso dos atendimentos nos seringais e outras áreas de zona rural, que utilizam como transporte os barcos, e o anúncio do atendimento é feito via rádio comunitária. “Defensor tem que ser valente, pois existimos para defender as pessoas mais frágeis”, complementou. 

Defensora-geral Simone Santiago destaca dificuldade de deslocamento de população da área rural e de florestas para acessar serviço da Defensoria Foto: Ascom DPE/TO

 A subdefensora pública-geral, Roberta Caminha,  informou que durante a pandemia o número de atendimentos apresentou um aumento relevante. “O nosso atendimento não tem agendamento futuro, é feito na hora, o que muito nos surpreendeu com a alta demanda neste período de pandemia”, afirmou. 

Roberta Caminha, subdefensora-geral,  aponta dificuldades da população 

 Para o superintendente de defensores públicos, Danilo Frasseto Michelini,  o encontro foi importante para estreitar laços  com as Defensorias e para o aprimoramento do atendimento em ambas as instituições, primando sempre pela qualidade do atendimento aos assistidos. A defensora pública Elydia Leda complementou que a visita é importante para um momento de troca de experiência. “Fortalecemos a nossa atuação conhecendo cada realidade e experiência na defesa dos nossos assistidos”, disse.
 

A defensora pública geral e a subdefensora-geral do Acre participam, em Tocantins, da 52ª Reunião Ordinária do Colégio Nacional de Defensores Públicos-Gerais (Condege), que está sendo realizada nesta quinta-feira, 29,  e contará com a presença de defensores públicos gerais de vários estados.


Com informações da Ascom DPE/TO